Campo de busca

Categoria Eventos

1ª Conferência Web W3C Brasil

Por | 26 de novembro, 2009 | 1 comentários

Nos dias 23/11 e 24/11 a equipe da Princi Agência Web foi fazer a cobertura da 1ª Conferência Web W3C Brasil 2009. O passado, presente e futuro do desenvolvimento para a internet estiveram em pauta nesses dois dias e aqui você irá encontrar um resumo das principais palestras e debates da conferência.

HTML 5: a evolução da web

Anne van Kesteren, Opera Software

Anne van Kesteren, Opera Software

O palestrante Anne van Kesteren, da Opera Software, mostrou o motivo do XHTML 1.0 não ter dado certo e nos mostrou alguns exemplos da utilização do HTML 5, como por exemplo as tags <canvas> e <video>, o que deixou os desenvolvedores presentes bastante empolgados.

Segundo Anne, o HTML 5 será estável em 2012 e somente em 2022 é que se tornará uma recomendação oficial do W3C.

A tradução simultânea da apresentação foi bem feita e mesmo aqueles que não dominavam o inglês puderam aproveitar e entender a apresentação do Anne. Ponto positivo para a organização do evento.

A BBC e a web semântica na disponibilização de conteúdos

Patrick Sinclair

Patrick Sinclair
Foto por @helder

Patrick Sinclair, engenheiro de software, BBC Audio and Music Interactive, Reino Unido, mostrou como a BBC utiliza a Web Semântica na disponibilização do seu conteúdo.

A grande sacada da BBC, é a utilização da própria internet como o seu CMS. Ou seja, grande parte do conteúdo disponibilizado na BBC é feito por outros sites e por nós internautas. Com isso, o conteúdo do site da BBC sempre está atualizado, causando uma boa impressão aos visitantes.

Outro detalhe que impressionou foi a estrutura de Arquitetura da Informação dos projetos da BBC, realmente algo “monstruoso”.

A Formação Profissional, o Ensino de Padrões Web e Certificação

Diego Eis, Everaldo Bechara e Fábio Flatschart

Diego Eis, Everaldo Bechara e Fábio Flatschart.
Foto por @esuey

Nesse debate estiveram presentes Everaldo Bechara – iLearn, Fábio Flatschart – SENAC, Diego Eis – Visie / Tableless e Marcelo Moura – Gerente Geral de Negócios do Grupo Impacta Tecnologia.

Nós estivemos presentes somente nos trinta minutos finais, mas mesmo assim foi uma boa experiência. Nesse tempo final, o debate girou em torno dos benefícios e malefícios da criação de uma certificação dos padrões estabelecidos pelo W3C.

Esse tema criou uma grande discussão não só no auditório do evento, mas também no Twitter. No Twitter, a maioria dos profissionais não concordavam com a criação de uma certificação dos padrões. No auditório, houve um consenso de que a criação de uma certificação dos padrões iria beneficiar o mercado de desenvolvimento web.

E você, você acha que a criação de uma certificação dos padrões iria beneficiar ou não o mercado de desenvolvimento web?

Futuro da web e as Agências Digitais, Padrões Web, Web semântica, Web das coisas, Web 2.0

Cláudio Coelho, João Cabral e Saulo Medeiros

Cláudio Coelho, João Cabral e Saulo Medeiros
Foto por @jeanximenes

Saulo Medeiros – Presidente da AMADI (Associação Mineira das Agências Digitais), Cláudio Coelho – Presidente da APADI (Associação Paulista das Agências Digitais) e João Cabral – Diretor de Tecnologia da Agência Click.

Saulo Medeiros começou falando sobre as barreiras da implementação de novas tecnologias na web, como o HTML 5, por exemplo. Após isso, mostrou a pesquisa do Google: “What is a browser?”, que mostra que menos de 8% dos entrevistados não sabiam o que era um browser.

João Cabral nos mostrou o SearchMonkey do Yahoo! e como os Microformatos ajudam na exibição do site nos mecanismos de busca e falou também um pouco sobre o futuro com o HTML 5. Algo interessante mencionado por ele foi o fato de que as grandes marcas estão cada vez mais preocupadas em gerar conteúdo útil para usuários na web, pois é uma excelente forma de estimular o consumo. Um exemplo mostrado foi o caso do Boticário que disponibilizou em seu Canal do YouTube vídeos ensinando como utilizar seus produtos.

Cláudio Coelho começou dizendo o que tem acontecido no mercado digital por conta do avanço da Internet. Ele abriu seu discurso dizendo que em breve existirão agências com vagas para psicólogos, neurocirugiões, biólogos e sociólogos. Tudo isso porque cada vez mais as agências digitais precisam entender perfeitamente os perfis dos usuários de cada projeto. Por fim, vale citar um evento realizado pela APADI dia 01/12, onde será lançado um modelo de concorrência para projetos de sites. Estaremos lá para conferir!

Metodologia para avaliação de acessibilidade em sites

Horacio Soares e Lêda Spelta, Acesso Digital

Horacio Soares e Lêda Spelta, Acesso Digital

A palestra do pessoal do Acesso Digital, foi uma das melhores apresentações que aconteceram no segundo dia do evento. A Lêda Spelta, com todo o seu carisma e conhecimento, nos mostrou como é difícil o acesso à diversos sites para pessoas que possuem algum tipo de deficiência e deu várias dicas de como avaliar e otimizar a acessibilidade dos sites que desenvolvemos.

O ponto alto da apresentação, foi quando a sala ficou com as luzes apagadas e a Lêda nos demonstrou como é a navegação através de leitores de tela. No caso, o leitor de tela utilizado foi o JAWS. Uma “pérola” foi escolhida por eles para mostrar a dificuldade que pessoas que se utilizam de leitores de tela enfrentam ao acessar um site que não se preocupa com acessibilidade.

Uma frase que define o termo “acessibilidade na web”, é:

“Acessibilidade na web é tornar todos os serviços, assuntos e publicações tão fáceis de serem utilizados por todas as pessoas, que até esqueceremos que há diferenças.”

 

Carla Nascimento – frase vencedora do concurso “Jornadas de Conhecimento – Acessibilidade na Web”

Bate-papo com Browser – Encontro com desenvolvedores

Patrick Browne, Opera / Fernando Gebara, Microsoft Brasil – Internet Explorer / Márcio Galli, Mozilla Firefox

Patrick Browne, Opera / Fernando Gebara, Microsoft Brasil – Internet Explorer / Márcio Galli, Mozilla Firefox

O bate-papo com Browser, teve a presença de Fernando Gebara – Microsoft Brasil – Internet Explorer, Márcio Galli – Mozilla Firefox e Patrick Browne – Opera.

Nesse bate-papo, Fernando Gebara falou sobre o passado, Internet Explorer 6, e sobre o futuro, Internet Explorer 9. Após algumas perguntas da platéia, Gebara deixou claro que o Internet Explorer 6 está fora da linha de suporte da Microsoft e que eles não podem proibir o usuário de usá-lo, nem forçar a atualização do mesmo. Gebara nos disse também, que a versão 9 do navegador da Microsoft, terá suporte ao HTML 5 e CSS 3.

Márcio Galli, deixou claro o quanto é importante o feedback que os usuários mandam para o Mozilla e a sua comunidade que está envolvida no desenvolvimento do Mozilla Firefox.

Patrick Browne, foi perguntado por que o Opera não colabora no WebKit, já que eles possuem uma grande experiência em cross-browser e defendem os padrões abertos. Segundo Patrick, eles não colaboram devido ao modelo de negócio da empresa.

Infelizmente não podemos ficar até o final desse bate-papo e tivemos que sair antes do final.

Avaliação do evento

Equipe da Princi Agência Web: Eliane Garone, Eric N. Princi, Filipe Faustino e Rodolfo Pereira

Equipe da Princi Agência Web: Eliane Garone, Eric N. Princi, Filipe Faustino e Rodolfo Pereira

A 1ª Conferência Web W3C Brasil foi muito bem organizada, localizada e rica em assuntos para desenvolvedores web. As presenças de peso fizeram a conferência ser o melhor do ano na área de desenvolvimento web.

Pudemos aprender bastante e ter um panorama do futuro do desenvolvimento para a internet. Toda a experiência adquirida na conferência, irá ser aplicada no desenvolvimento de sites da Princi Agência Web, proporcionando sempre aos nossos clientes o que há de mais atual em desenvolvimento web.

Caso você queira ver todas as fotos do evento, acesse o nosso Flickr.

Para acompanhar ao vivo os principais eventos sobre desenvolvimento web, siga-nos no Twitter!

 

Deixe um comentário

Queremos saber o que você pensa sobre esse post! Ficaremos felizes se você nos deixar um comentário :-)

Tenha em mente que os comentários são moderados, e os links possuem rel="nofollow". Então por favor, não faça spam de palavras-chave, senão o seu comentário será excluído. Obrigado!

 

[1] Comentários  

Filipe Faustino

Filipe Faustino

A 1ª Conferência Web W3C Brasil realmente estava muito bem organizada e com uma ótima estrutura para receber os convidados. As informações aprendidas na conferência foram de grande valor e serviram para orientar a todos os presentes sobre boas práticas na web e melhorias na qualidade de desenvolvimento de projetos de sites.

26-11-2009 às 13:32 Responder