Campo de busca

Categoria Design

Como uma Avaliação Heurística ajuda a melhorar a usabilidade de um site

Como uma Avaliação Heurística ajuda a melhorar a usabilidade de um site

Por | 05 de janeiro, 2016 | 2 comentários

Fala galera!

Recentemente, chegou uma requisição em que eu deveria propor melhorias na experiência da busca de um site e-commerce. Quando me pediram para realizar essa tarefa, eu estava distante do projeto desse site e a primeira pergunta que eu fiz foi “como vou propor melhorias para um site que eu não tive tanto contato, muito menos com o usuário?”

A resposta mais rápida que me veio a mente foi “vou acessar o site e navegar” para encontrar problemas enquanto simulo uma busca de um produto no site e, nesse momento, percebi que eu estava um pouco perdido durante a análise da busca. Decidi, então, aplicar uma avaliação heurística com base nos 10 itens para a avaliação da usabilidade de um site que Nielsen listou com o intuito de evitar os erros mais comuns.

A avaliação heurística consiste em examinar uma aplicação com base em um conjunto de regras ou boas práticas descritas por um profissional de referência e reconhecidas no mercado. Além de auxiliar a reconhecer pontos de melhorias, o processo, de forma colaborativa, naturalmente conduz a equipe envolvida a ter insights de melhorias de usabilidade. Eu tenho o costume de utilizar as Heurísticas de Nielsen. Outros profissionais criaram suas heurísticas, você pode procurar e escolher qual achar melhor.

Processo de uma avaliação Heurística

Utilizei o livro O guia para projetar UX como referência para realizar as etapas da avaliação heurística. Os autores do livro, Russ Unger e Carolyn Chandler, dividem o processo de avaliação em 4 partes, e foi exatamente isso que fiz:

1. Reúna o conhecimento sobre a origem do produto, do projeto e do usuário: chamei a equipe do projeto e perguntei quando, quem e por que foi desenvolvido esse site. Pedi para equipe me apresentar as personas do projeto, para conhecer os usuários e compreender quais são suas dores e quais necessidades o site precisa atender.

2. Escolha a heurística que será utilizada: como eu já disse, eu gosto das 10 heurísticas de Nielsen.

3. Passe por áreas de prioridade do site, identificando escrevendo observações das áreas em que a heurística é bem seguida ou esquecida: o foco da tarefa era a busca de um site e-commerce, portanto a avaliação e as observações foram voltadas apenas para a usabilidade do site ao buscar um produto. Como são 10 heurísticas, eu focava em uma enquanto buscava um produto, fazia as observações e passava para a próxima heurística. As observações eram feitas quando notava que em algum ponto do site uma heurística era esquecida.

Cada observação conteve as seguintes informações: uma observação geral com uma breve declaração resumindo a descoberta de uma heurística deixada de lado ou apenas o a heurística relacionada, uma breve descrição do contexto da observação e uma avaliação de impacto entre alta, média ou baixa.

Observação #3 - Alto

Alta para problemas que farão com que muitos usuários fracassem em uma tarefa particular ou percam informações permanentemente.

Observação #2 - Médio

Média quando podem causar frustrações e podem causar erros que são reversíveis.

Observação #1 - Baixo

Baixa para problemas menores que podem causar alguma confusão para os usuários, que geralmente não causa frustração.

Veja um exemplo de uma observação de impacto médio como ficou:

Observação #1 - Médio - Modelo

4. Apresente as descobertas para a equipe do projeto e para os stakeholders e explique cada observação: reuni novamente a equipe e apresentei todas as observações. Discutimos, analisamos o Analytics para validar possíveis problemas na navegação e planejamos testes A/B para propor a melhor solução.

Vantagens de se conduzir uma avaliação heurística

É uma técnica rápida e barata para obter um compreensão atual da qualidade da usabilidade da aplicação, lembrar dos concorrentes e de referências no mercado, pensar em soluções primárias para a lista de requisitos do projeto e planejar as ações futuras.

Espero ter ajudado com a minha experiência, estou disposto a ouvir qualquer, crítica e comentários.

Até a próxima :)

 

Deixe um comentário

Queremos saber o que você pensa sobre esse post! Ficaremos felizes se você nos deixar um comentário :-)

Tenha em mente que os comentários são moderados, e os links possuem rel="nofollow". Então por favor, não faça spam de palavras-chave, senão o seu comentário será excluído. Obrigado!

 

[2] Comentários  

Leandro Alexandrino

Obrigado pelo artigo, eu conhecia as 10 heurísticas de Nielsen, porém não tinha um padrão para aplica-las, vou procurar este livro, mas por hora, seu post já abriu um mundo de possibilidades aqui..ahaha. Obrigado novamente!

26-02-2016 às 14:10 Responder

Lucas Lorençon

Lucas Lorençon

Em resposta a Leandro Alexandrino

Leandro, obrigado pelo comentário! Fiquei feliz em te ajudar :)

26-02-2016 às 14:43 Responder